page visitor counter
who is online counter blog counter Familia Vaz Lima: December 2008 Familia Vaz Lima: December 2008

Familia Vaz Lima

Tuesday, December 30, 2008

Happy 2009/ Feliz 2009





To all our family, friends and readers, we wish that your entery into the New Year is full of joy, health and wealth, keep reading our blog and thank you!!!

Para a nossa familia, amigos e leitores, espero que o Ano Novo lhes traga muita saude, alegria e dinheiro, e continuem a lêr o noss blog, obrigada!!!
posted by Mena Lima at 7:37 AM 0 comments

Thursday, December 25, 2008

Natal 2008

Mais uma vez este dia de natal fomos passar com os meus cunhados a casa da Lurdes e do Paulo, só lá faltou o Manel e a Familia dele e o Antonio que está na Suiça. Como sempre fartou-se de comer e estava tudo muito bom. Os miudos passaram todos juntos e na bricadeira pois tambem é nestas alturas que nos juntamos todos. Obrigado á Lurdes e Paulo pelo dia bem passado.

Ontem dia 24 foi passado com os meus pais como tambem já é habito.


Ah e queria agradecer a todos que me enviaram sms aos qual eu não respondi, mas adorei...thank you, dankie, obrigada!!!!!

A todas aquelas pessoas especiais, sabem quem são e estão sempre no meu coração, love you all:)...Kisses, huggies, amores e amassos:====)


posted by Mena Lima at 11:36 AM 0 comments

Bosque Encantado no Parque Eduardo VII

posted by Mena Lima at 11:12 AM 0 comments

Tuesday, December 23, 2008

Salvo por gatos

Um menino argentino de um ano sobreviveu durante vários dias sozinho na rua graças a um grupo de gatos, que o manteve quente e lhe trouxe comida.
A incrível história – a fazer lembrar a do pequeno Mowgli, personagem principal do 'Livro da Selva', da Disney – aconteceu na localidade argentina de Misiones. Ao que tudo indica, o menino, de apenas um ano, vivia na rua com o pai, um sem-abrigo, mas ter--se-á perdido dele.
Sozinho, valeram-lhe oito gatos vadios, que lhe trouxeram comida e o mantiveram quente com os próprios corpos, evitando que morresse de frio nas noites geladas que passou na rua.
O menino foi encontrado na passada quarta-feira por uma mulher-polícia, que estranhou ver um grupo de gatos amontoados em redor de um objecto – era a criança, que dormia serenamente aquecida pelo calor dos corpos dos felinos. Os médicos dizem que o pequeno está bem de saúde, e que só sobreviveu devido à ajuda dos gatos.
Ricardo Ramos com agências

http://www.correiomanha.pt/noticia.aspx?contentid=B49995EA-22DA-40F4-87CA-92E8CCF3A03B&channelid=00000091-0000-0000-0000-000000000091
posted by Mena Lima at 2:45 AM 0 comments

Monday, December 22, 2008

Fiel

Poema de Guerra Junqueiro

FIEL

Na luz do seu olhar tão lânguido, tão doce,
Havia o que quer que fosse
D'um íntimo desgosto :
Era um cão ordinário, um pobre cão vadio
Que não tinha coleira e não pagava imposto.
Acostumado ao vento e acostumado ao frio,
Percorria de noite os bairros da miséria
À busca dum jantar.
E ao ver surgir da lua a palidez etérea,
O velho cão uivava uma canção funérea,
Triste como a tristeza oceânica do mar.
Quando a chuva era grande e o frio inclemente,
Ele ia-se abrigar às vezes nos portais ;
E mandando-o partir, partia humildemente,
Com a resignação nos olhos virginais.
Era tranquilo e bom como as pombinhas mansas ;
Nunca ladrou dum pobre à capa esfarrapada :
E, como não mordia as tímidas crianças,
As crianças então corriam-no a pedrada.


Uma vez casualmente, um mísero pintor
Um boêmio, um sonhador,
Encontrara na rua o solitário cão ;
O artista era uma alma heróica e desgraçada,
Vivendo numa escura e pobre água furtada,
Onde sobrava o gênio e onde faltava o pão.
Era desses que têm o rubro amor da glória,
O grande amor fatal,
Que umas vezes conduz às pompas da vitória,
E que outras vezes leva ao quarto do hospital.


E ao ver por sobre o lodo o magro cão plebeu,
Disse-lhe : - "O teu destino é quase igual ao meu :
Eu sou como tu és, um proletário roto,
Sem família, sem mãe, sem casa, sem abrigo ;
E quem sabe se em ti, ó velho cão de esgoto,
Eu não irei achar o meu primeiro amigo !..."


No céu azul brilhava a lua etérea e calma ;
E do rafeiro vil no misterioso olhar
Via-se o desespero e ânsia d'uma alma,
Que está encarcerada, e sem poder falar.
O artista soube ler naquele olhar em brasa
A eloqüente mudez dum grande coração ;
E disse-lhe : - "Fiel, partamos para casa :
Tu és o meu amigo, e eu sou o teu irmão. -"


E viveram depois assim por longos anos,
Companheiros leais, heróicos puritanos,
Dividindo igualmente as privações e as dores.
Quando o artista infeliz, exausto e miserável,
Sentia esmorecer o génio inquebrantável
Dos fortes lutadores ;
Quando até lhe acudia às vezes a lembrança
Partir com uma bala a derradeira esp'rança,
Pôr um ponto final no seu destino atroz ;
Nesse instante do cão os olhos bons, serenos,
Murmuravam-lhe : - Eu sofro, e a gente sofre menos,
Quando se vê sofrer também alguém por nós.


Mas um dia a Fortuna, a deusa milionária,
Entrou-lhe pelo quarto, e disse alegremente :
"Um génio como tu, vivendo como um pária,
Agrilhoado da fome à lúgubre corrente !
Eu devia fazer-te há muito esta surpresa,
Eu devia ter vindo aqui p'ra te buscar ;
Mas moravas tão alto ! E digo-o com franqueza
Custava-me subir até ao sexto andar.
Acompanha-me ; a glória há de ajoelhar-te aos pés !..."
E foi ; e ao outro dia as bocas das Frinés
Abriram para ele um riso encantador ;
A glória deslumbrante iluminou-lhe a vida
Como bela alvorada esplêndida, nascida
A toques de clarim e a rufos de tambor !


Era feliz. O cão
Dormia na alcatifa à borda do seu leito,
E logo de manhã vinha beijar-lhe a mão,
Ganindo com um ar alegre e satisfeito.
Mas ai ! O dono ingrato, o ingrato companheiro,
Mergulhado em paixões, em gozos, em delícias,
Já pouco tolerava as festivas carícias
Do seu leal rafeiro.


Passou-se mais um tempo ; o cão, o desgraçado,
Já velho e no abandono,
Muitas vezes se viu batido e castigado
Pela simples razão de acompanhar seu dono.
Como andava nojento e lhe caíra o pelo,
Por fim o dono até sentia nojo ao vê-lo,
E mandava fechar-lhe a porta do salão.
Meteram-no depois num frio quarto escuro,
E davam-lhe a jantar um osso branco e duro,
Cuja carne servira aos dentes d'outro cão.


E ele era como um roto, ignóbil assassino,
Condenado à enxovia, aos ferros, às galés :
Se se punha a ganir, chorando o seu destino,
Os criados brutais davam-lhe pontapés.
Corroera-lhe o corpo a negra lepra infame.
Quando exibia ao sol as podridões obscenas,
Poisava-lhe no dorso o causticante enxame
Das moscas das gangrenas.


Até que um dia, enfim, sentindo-se morrer,
Disse "Não morrerei ainda sem o ver ;
A seus pés quero dar meu último gemido..."
Meteu-se-lhe no quarto, assim como um bandido.
E o artista ao entrar viu o rafeiro imundo,
E bradou com violência :
"Ainda por aqui o sórdido animal !
É preciso acabar com tanta impertinência,
Que esta besta está podre, e vai cheirando mal !"
E, pousando-lhe a mão cariciosamente,
Disse-lhe com um ar de muito bom amigo :
"Ó meu pobre Fiel, tão velho e tão doente,
Ainda que te custe anda daí comigo."


E partiram os dois. Tudo estava deserto.
A noite era sombria ; o cais ficava perto ;
E o velho condenado, o pobre lazarento,
Cheio de imensas mágoas
Sentiu junto de si um pressentimento
O fundo soluçar monótono das águas.


Compreendeu enfim! Tinha chegado à beira
Da corrente. E o pintor,
Agarrando uma pedra atou-lh'a na coleira,
Friamente cantando uma canção d'amor.


E o rafeiro sublime, impassível, sereno,
Lançava o grande olhar às negras trevas mudas
Com aquela amargura ideal do Nazareno
Recebendo na face o ósculo de Judas.
Dizia para si : "É o mesmo, pouco importa.
Cumprir o seu desejo é esse o meu dever :
Foi ele que me abriu um dia a sua porta :
Morrerei, se lhe dou com isso algum prazer."


Depois, subitamente
O artista arremessou o cão na água fria.
E ao dar-lhe o pontapé caiu-lhe na corrente
O gorro que trazia
Era uma saudosa, adorada lembrança
Outrora concedida
Pela mais caprichosa e mais gentil criança,
Que amara, como se ama uma só vez na vida.


E ao recolher a casa ele exclamava irado :
"E por causa do cão perdi o meu tesouro !
Andava bem melhor se o tinha envenenado !
Maldito seja o cão! Dava montanhas d'oiro,
Dava a riqueza, a glória, a existência, o futuro,
Para tornar a ver o precioso objecto,
Doce recordação daquele amor tão puro."
E deitou-se nervoso, alucinado, inquieto.
Não podia dormir.
Até nascer da manhã o vivido clarão,
Sentiu bater à porta ! Ergueu-se e foi abrir.
Recuou cheio de espanto : era o Fiel, o cão,
Que voltava arquejante, exânime, encharcado,
A tremer e a uivar no último estertor,
Caindo-lhe da boca, ao tombar fulminado,
O gorro do pintor !


Quem diria que, cento e tal anos depois, este texto ainda seria tão actual?
Leiam, reflictam e transmitam-no para ver se os corações empedernidos dos
nossos congéneres se suavizam um pouco.
posted by Mena Lima at 7:59 AM 0 comments

Sunday, December 21, 2008

Freeport




Estou de rastos!!! Pois é hoje a seguir ao almoço fomos fazer umas compras de Natal ao Freeport, nem sei de quem foi a ideia, mas bolas era de malucos! Logo na primeira loja (Zara)perdi quase a vontade de continuar...há gente que nem lhes passa pela cabeça, os preços estavam mesmo de arasar então a loja mais parecia a praça dos ciganos...é de loucos quando a roupa não era onº pretendido então ia para o chão, o resto da manada passava por cima. Claro que não gastei nem 1€ nesta casa dos malucos. É engraçado vêr as Tias todas belas por fora mas depois...
posted by Mena Lima at 12:43 PM 0 comments

Monday, December 15, 2008

Como votar em 2009


Vamos votar assim em 2009...
posted by Mena Lima at 11:10 AM 0 comments

Saturday, December 13, 2008

Cidadão contra-ataca!

É bom começarmos mesmo a atacar!

Leiam estas estas três preciosas dicas sobre como lidar com as agressões de Telemarketing, que constituem para todos nós uma praga quase diária.

1ª - Um método que realmente funciona:
Ao receber uma chamada de Telemarketing a oferecer um produto ou um serviço, diga apenas, com toda a cortesia:

'Por favor, aguarde um momento...'.

Dito isto, deixe o telefone sobre a mesa e vá fazer outras tarefas (em vez de simplesmente desligar o telefone de imediato).

Isso vai fazer com que cada chamada de Telemarketing para o seu Telefone tenha uma duração longuíssima, ultrapassando em muito os limites impostos ao indivíduo que lhe ligou.

Reponha o telefone na posição de repouso apenas quando tiver a Certeza de que desligaram. Não tenha dúvida de que esta é uma lição de custo elevado para os intrusos.

2ª - Já alguma vez lhe sucedeu atender o telefone e parecer que não há ninguém do outro lado?

Fique a saber que esta é uma técnica de Telemarketing Executada por um sistema computorizado, o qual estabelece a ligação e regista a hora em que a pessoa atendeu o telefone. Esta técnica é utilizada por alguns serviços de marketing para determinar a melhor hora do dia em que uma pessoa dos serviços poderá ligar-lhe.

Neste caso, ao receber este tipo de ligação, não desligue. Pressione imediatamente a tecla '#' do aparelho, seis ou sete vezes seguidas e em sequência rápida.

Normalmente, este procedimento confunde o computador que marcou o seu número, obrigando-o registar o seu número como inválido, eliminando-o assim da base de dados.

3ª - Publicidade inserida nas contas recebidas pelo correio

Todos os meses recebemos publicidade indesejada inserida nas contas

De telefone, luz, água, cartões de crédito, etc. Muitas vezes essa propaganda em acompanhada de um envelope-resposta, que não precisa selar; o selo RSF (resposta sem franquia )

Insira nesses envelopes pré-pagos a publicidade recebida e coloque-a no Correio, endereçada de volta o a essas companhias. Caso queira preservar a sua privacidade, antes de inserir a publicidade no envelope remova todo e qualquer item que o possa identificar.

Este é um método que funciona excelentemente para ofertas de cartões, empréstimos, e outro material não solicitado. Portanto, não atire fora esses envelopes pré-pagos! Ao devolvê-los com a propaganda recebida, está a fazer com que as referidas empresas paguem duas vezes pela publicidade enviada.

Se quiser acrescentar um requinte de malvadez, aproveite para Inserir anúncios da pizzaria do seu bairro, da lavandaria, da florista, do canalizador, do oculista, da costureira, do talho, do dentista, do Instalador de marquises de alumínio, da (ou de) qualquer outra actividade comercial local do mesmo género, que esteja mais à mão.
posted by Mena Lima at 11:37 PM 0 comments

Vocês sabem a diferença entre o tratamento por tu e por você?

Vocês pensam que sabem, mas vejam abaixo. Um pequeno exemplo, que ilustra bem a diferença:

O Director Geral de um Banco, estava preocupado com um jovem e brilhante director, que depois de ter trabalhado durante algum tempo com ele, sem parar nem para almoçar, começou a ausentar-se ao meio-dia. Então o Director Geral do Banco chamou um detective e disse-lhe:
- Siga o Dr. Mendes durante uma semana, durante a hora do almoço.
O detective, após cumprir o que lhe havia sido pedido, voltou e informou:
- O Dr. Mendes sai normalmente ao meio-dia, pega no seu carro, vai a sua casa almoçar, faz amor com a sua mulher, fuma um dos seus excelentes cubanos e regressa ao trabalho.
Responde o Director Geral:
- Ah, bom, antes assim. Não há nada de mal nisso.
O detective pergunta-lhe:
- Desculpe. Posso tratá-lo por tu?
- 'Sim, claro' respondeu o Director surpreendido!
- Então vou repetir : o Dr. Mendes sai normalmente ao meio-dia, pega no teu carro, vai a tua casa almoçar, faz amor com a tua mulher, fuma um dos teus excelentes cubanos e regressa ao trabalho.

A lingua portuguesa é mesmo fascinante!
posted by Mena Lima at 10:20 AM 0 comments

Mozambique


© "LAND OF CONTRAST" by SONCA international
posted by Mena Lima at 3:14 AM 0 comments

Friday, December 12, 2008

Feliz Natal!

posted by Mena Lima at 11:56 PM 0 comments

Why we love Afrikaans...

1. The fruit seller walks up to the car and says:"Peske, Peske. Lekke peskes. Net vyf rand virrie laanie."The guy in the car says: "Is hulle soet?"The fruit seller says: "ja meneer, kyk hoe stil sit hulle!!"

2. Three guys selling snoek on the corner shouts:"Hiers djou snoek"The guy in the car says:"Wat vra julle vir daai snoek?"One guy replies: "Ons vra hulle niks, wil djy hulle iets vra?"

3: Gatiep & Maraai steel 'n snoek, en sien toe 'n Polisie manGatiep se": Sit die snoek onder djou rok!Maraai se " Dit gaan stink Gatiep!"Gatiep se vir Maraai ," Drukkie snoek se nies toe!"

4: Gatiep en Maraai sit innie bus in Cape Town toe die lady op klim "with a face made up to kill" ekse: bloed roei lips, "seven layers of base" en silke "massive eyelashes" dat sy nie ees haar oe kan oep maakie.Daars nie oep seats, so sy skeem sy hang maar aan die leather strap."Hei Gammat," se Gatiep, "kom offer djy nie die lady 'n seat?""Nei," skeem Gammat, "a painting moet mos hang."

5: Every morning when the English teacher came to the Afrikaans students to Give them an English lecture she greeted them as follows; "Good morning class!" and every time only one boy would get up out of the whole class to greet the teacher in return. This happened time and again until she decided to call him up to her desk and ask him loud enough for everyone to hear:"Why is it that every time I greet the whole class, only you stand up togreet me?"He replied to the teacher in English : "It are 'cause I are the only person here what's name are Klaas!"
posted by Mena Lima at 11:32 PM 0 comments

HOME by Michael Buble

Love this song, hope u all have a great day!!!

Huggies

posted by Mena Lima at 2:00 AM 0 comments

Boas Festas!


A Familia Vaz Lima vem desejar a toda a Familia, Amigos e leitores deste blog um Natal muito Feliz e um próspero 2009!!!
The Vaz Lima Familia, would like to wish all our Family, Friends and readers of this blog a very Merry Xmas and a prosperous 2009!!

posted by Mena Lima at 12:21 AM 0 comments

Wednesday, December 10, 2008

Gatinhos Azuis

Como sei que há sempre muitas pessoas interessadas em adoptar gatinhos azuis, ficam aqui alguns bem lindos que gostava de passar o Natal já com os Donos!

Olá, eu sou a Penelope e tenho 2 meses. Procuro um lar para sempre. Queres levar-me contigo? Fala com as minhas madrinhas
Não Esterilizada, Vacinas em Dia, Desparasitada
Contacto para Adopção:Organização: Cantinho do TarecoNome: Maria Teresa CostaLocalidade: Maia (Zona Porto)Tel: 938 160 282Email: cantinhodotareco@gmail.com

Olá, eu sou a Pandora e tenho 2 meses. Procuro um lar para sempre. Queres levar-me contigo? Fala com as minhas madrinhas
Não Esterilizada, Vacinas em Dia, DesparasitadaContacto para Adopção:Organização: Cantinho do TarecoNome: Maria Teresa CostaLocalidade: Maia (Zona Porto)Tel: 938 160 282Email: cantinhodotareco@gmail.com

Olá, eu sou a Naomi. Sou uma linda menina azul com um pouquinho de branco. Queres ser meu dono? Fala com as minhas madrinhas
Não Esterilizada, Vacinas em Dia, Desparasitada.
Contacto para Adopção:Organização: Cantinho do TarecoNome: Maria Teresa CostaLocalidade: Maia (Zona Porto)Tel: 938 160 282Email: cantinhodotareco@gmail.com

posted by Mena Lima at 8:31 AM 0 comments

Gato Lindissimo procura uma casinha.







Este menino já teve uma casinha, uma familia, já sentiu o conforto de uma cama quentinha e pelo que sei grande adepto do sofá. Vou tentar com a vossa ajuda recompensá-lo proporcionando-lhe tudo o que tem direito a tal "familia" mas desta vez alguém que o respeite e o adopte para toda a vida. Não gostaria de vê-lo num gatil ou numa colónia de gatinhos...vou esperar o tempo que for preciso para arranjar uma solução definitiva e conto convosco!! possivelmente acharão uma grande irresponsabilidade da minha parte esperar que tal aconteça e entretanto o pobre animal vai vivendo na rua sujeito a todos os perigos. Ele tem uma casota improvisada (um armário) embora na rua...todos os vizinhos têm respeitado o seu espaço... alimento-o todos os dias (até que está gordinho) e felizmente não tem tendência para ir para a estrada, pelo menos nunca o vi cometer tal proeza... Espero que me entendam....possivelmente até não estarei a ter a atitude mais correcta...mas creio que vale a pena esperar um bocadinho, quem sabe se a familia que tanto deseja não estará agora a ler este mail.... Uhm!... Ele goza de uma liberdade enorme não gostaria de o submeter a um espaço reduzido e solitário. Bem hajamPaula Sommer P.S. Obrigada a quem já respondeu ao meu apelo....
posted by Mena Lima at 8:27 AM 0 comments

1º Festival de Teatro - "Seja Humano para osanimais"

A problemática dos maus-tratos e abandono dos animais não pode nem deve estar confinada às associações de defesa animal e à população sensível à causa, nem sequer limitar a sua acção nesta consequência mas antes concentrar energias no combate às suas origens.Os animais são parte integrante da Sociedade, tendo os seus direitos consagrados pela UNESCO e consignados pela lei portuguesa.É uma responsabilidade social tratar os animais com dignidade, cumprir e fazer cumprir os seus direitos. A permanente violação desses direitos, aliado ao facto dos seus infractores saírem constantemente incólumes pelos actos que cometem, é sinónimo de uma sociedade que não está a cumprir com a sua obrigação perante esta fracção tantas vezes esquecida.Nesse sentido, são necessárias operar grandes mudanças estruturais que dêem origem a uma Sociedade integra e plena perante todos os seus elementos.
A Aanifeira acredita que as estruturas mudam-se na raiz e é nesta que temos concentrado parte da nossa acção - as crianças! Nos últimos anos temos desenvolvido algumas acções de sensibilização nas escolas básicas e secundárias, tendo um "feedback" extremamente positivo por parte dos seus alunos. Uns, frutos de desafios lançados pela Aanifeira, outros originados pelas iniciativas desenvolvidas pelas crianças, fazendo-nos acreditar que o trato e respeito pela VIDA, seja ela a que nível for, irá ser bem diferente numa próxima geração.
Nessa crença, temos vindo a fomentar esta aliança com o nosso futuro. E fruto de um processo evolutivo com os nossos novos aliados, decidimos lançar um desafio ousado às escolas básicas - a realização do 1º Festival de Teatro - "Seja Humano para os animais". Este Festival de Teatro consiste na apresentação de curtas peças de teatro, encenadas pelos alunos dessas escolas e cujo o tema central é - os Animais.
E porque queremos fazer deste festival uma festa para todos, convidamos a Orquestra Ligeira da Banda de Arrifana para enriquecer este que irá ser um magnífico espectáculo. É já no próximo sábado, dia 13 de Dezembro, às 21 horas, no Cine-teatro António Lamoso de Santa Maria da Feira que se irá realizar este Festival.Venha surpreender-se com as magníficas actuações destes pequenos grandes actores e actrizes que expressam com corpo e alma todo um sentir de um cenário que pouco dista da realidade. E deixe-se envolver pelo ritmo contagiante da música ligeira tocada pela galardoada Orquestra Ligeira da Banda de Arrifana que nos presentearão com música para todos gostos e faixas etárias.
Tudo isto por ? 2,50 por pessoa (para crianças com menos de 6 anos a entrada é gratuita) são razões mais do que suficientes para um serão bem agradável para o próximo sábado. Não perca! Traga a sua família e amigos!
Divulgue!
A Aanifeira gostaria de deixar aqui alguns agradecimentos públicos:à Câmara Municipal de Santa Maria da Feira e ao Feira Viva pelo apoio dado. à OLBA - Orquestra Ligeira da Banda de Arrifana pela sua disponibilidade em contribuir por mais esta causa solidáriae por fim, mas não por último, às escolas que irão participar neste Festival de Teatro - "Seja Humano para os animais". Serão sempre lembrados e referidos como os participantes do Primeiro evento desta natureza. Por força da realização deste evento, o Bazar da Aanifeira no próximo sábado dia 13, encerrará às 18 horas. Ainda a propósito do Bazar vimos por este meio informar que estaremos abertos todos os dias e que o novo horário até ao dia 23 será o seguinte:de segunda a sexta-feira das 11 às 15 horas sextas-feiras das 18 às 23 horas sábados das 10 às 23 horas (excepto dia 13 que encerrará às 18 horas)domingos das 11 às 19 horas Segunda-feira dia 22 e terça-feira dia 23 estaremos abertos das 11 às 23 horas.
Obrigado por nos ajudar a salvar animais!Victor Correia de Barros-
- Veja a nova edição do Jornal "Menos Zero em: http://www.aanifeira.pt/Jornal.html
Visite o nosso sitewww.aanifeira.pt
e o nosso bloghttp://aanifeiranoticias.blogspot.com/
posted by Mena Lima at 7:57 AM 0 comments

Tuesday, December 9, 2008

E-Zine nº 9

Já saiu vejam aqui... http://www.mundodosanimais.com/ezine/
posted by Mena Lima at 9:52 AM 0 comments

Monday, December 8, 2008

Xmas at Colombo



Yes we decided to use the public holiday to go and do some xmas shopping at Colombo, and at the same time let the kids run loose. We ate there too and had a great, although tiring morning/mid-afternoon:)
posted by Mena Lima at 7:13 AM 0 comments

Friday, December 5, 2008

Feliz Natal para todas as minhas amigas!

O vosso Papai Noel personalizado...

É só clicar no link e escreva seu nome na faixa:
http://www.adoniscabaret.co.uk/saucy-santa-hen-night/christmas-card.htm

Beijos
posted by Mena Lima at 11:46 PM 0 comments

Thursday, December 4, 2008

NICO - FUGIU EM CORROIOS-MARGEM SUL




Amigos,
Vamos ajudar o NICO a voltar para casa, ele deve de andar atrás de alguma cadela com o cio, pois já estava habituado a andar na rua sempre ao pé da Bela, mas sem sabermos o que lhe deu fugiu no dia 1 de Dezembro (2ª feira feríado), a Bela está aflita para o encontrar.
O NICO fugiu á porta de casa da Bela, em Corroios - Quinta da Marialva (Margem Sul).
O NICO precisa de medicação pelo que se pede a quem o viu ou vir que informe a BELA para 926791760 ou lovska@gmail.com ou mesmo para mim silviavanessaalmeida@gmail.com.

PS:Já disse á Bela para ir á PSP e GNR entregar o apelo porque as patrulhas ás vezes veem-nos, espero que sim!!!
Silvia Almeida
posted by Mena Lima at 3:38 AM 0 comments

Wednesday, December 3, 2008

Ensinar gato a usar... a sanita



Uma questão de higiene e etiqueta


Gosta do seu gato como se fosse gente, por isso imagina como seria bom ele ter hábitos de gente que condissessem com o seu comportamento, tantas vezes tão humano para um felino. Pois deixe de desejar e passe à acção, ensinando-o a usar a sanita em vez da caixa de areia sanitária, nem sempre muito higiénica. No final, sim, ao seu tareco só já lhe faltará falar. Antes do treino Certifique-se de que é este o método que pretende para o seu gato, uma vez que não pode, depois, tentar que o animal use outro qualquer que lhe dê mais jeito a si, ou melhor se adeqúe à sua vida em determinado momento. O treino deve ser aplicado a um gato novo, mas suficientemente crescido para que possa subir e saltar da sanita. Convém não esquecer que o animal tenderá, depois, a fazer as suas necessidades apenas em sanitas. Também por isso, este treino é indicado apenas aos gatos confinados ao espaço da casa. Um animal que possa ir à rua, acabará apenas por se habituar a reter fezes e urina até à próxima saída. Saiba ainda que, no caso de ter apenas uma casa de banho, as suas próprias idas ao wc estarão condicionadas com a logística que este treino implica.Do que vai precisar — Uma caixa própria para as necessidades do animal. — Uma folha de papel (já vai saber para quê). — Semanas, ou mesmo meses de treino. — Muita paciência e dedicação.Passo a passo — Levar a caixa das necessidades do gato até à casa de banho. Não a desloque directamente do local onde sempre tem estado para o WC. O processo tem de ser gradual. Falamos de centímetros por dia, todos os dias. Nada de precipitações que coloquem em risco o sucesso do treino. — Todos os dias, quando deslocar a caixa em direcção à casa de banho, vá reduzindo a quantidade de areia (ou qualquer outro material usado). — Vá deslocando a caixa até esta ficar colada à sanita. Pois é, pode mesmo demorar muito tempo. — Sempre que a aproximar da sanita, suba-a em altura, com o auxílio de listas telefónicas ou qualquer outra estrutura que permita segurança e estabilidade à caixa, para que não caia, assustando o animal e desmotivando-o a subir para ela. — Pare quando a caixa estiver colada à sanita e à mesma altura que esta. — Este ponto é decisivo e requer a sua própria colaboração, uma vez que a sanita, de agora em diante, passará a ser dos dois. Com o tampo levantado, tape o buraco da sanita com um papel autocolante, ou apenas fixando-o com fita-cola. (Pois é, tudo isto deve ser retirado quando você precisar de usar a casa de banho). — Desloque progressiva e diariamente a caixa das necessidades do animal para cima do tampo, agora forrado de papel, até estar completamente em cima da sanita. — Continue a retirar quantidades de areia, até ao ponto em que a caixa fique vazia. — Faça um pequeno furo central no fundo da caixa e outro, coincidente, no papel com que forrou a sanita. — Gradualmente, vá aumentando ambos os buracos, até ter a sanita quase descoberta. — Finalmente, retire o que resta da caixa e do papel. Missão cumprida, principalmente se foi bem sucedido e o animal se dirige à sanita sempre que tem necessidade de urinar ou defecar.Importante — Não dê nenhum passo em frente sem que o gato se acostume às alterações anteriores. — O treino é mais eficaz, senão mesmo apenas eficaz, se o dono estiver em casa a tempo inteiro, pelo menos durante o tempo de aulas. Só assim perceberá se as coisas seguem na direcção certa: se o animal se sente confortável com as alterações, se não há resistência nem mudanças de comportamento… Além de que, a sua presença reconforta o animal conferindo- lhe segurança e tranquilidade. — Siga o treino à risca e sem pressas, ou acabará por incentivar o animal a fazer as necessidades onde calha, porque não gosta das mudanças ou não entende o que deve fazer. — Nunca force o animal a fazer aquilo que não quer ou não entende. Deitará tudo a perder se o animal associar a ida ao WC com coisas negativas, como sejam reprimendas ou castigos. — Este treino não se aplica a gatos velhos, com hábitos de higiene há muito instituídos e sem apreço ou paciência para mudanças. — Nunca se esqueça de puxar o autoclismo sempre que a sanita for utilizada, por si ou pelo gato. Alguns gatos apreciam colocar as patas na água, divertindo-se a salpicar tudo à volta. Não é agradável! Depois de treinado, fica apenas por resolver um pormenor: quem vai à casa de banho primeiro.


Fonte: Instinto
posted by Mena Lima at 9:12 AM 0 comments

Tuesday, December 2, 2008

Ajuda para Leilões

Venho pedir a que tiver artigos que estejam em boas condições e que já não tenham uso para os mesmos, que me os enviem para eu os remeter ao leilão do Mundo dos Animais, qual o dinheiro depois será sortiado pelas Associações de Animais...vá lá vão vêr que se vão sentir bem e ao mesmo tempo vêr livro de algo que nem sequer estão afazer uso:). Os artigos podem ser Livros, brincos, aneis qualquer coisa que venda...Obrigada!
posted by Mena Lima at 2:05 AM 0 comments

Monday, December 1, 2008

Happy Birthday LIZ!!!


Hope you have a great day, in the company of all your loved ones...sorry we couldn´t be there to make your day even greater, we need to get some time away (like we used to) in Spain:===)

Wishing you all the best for the future and remember always have fun!!!!!!!!!!!!!!!!!!


Loads of love n Huggies

Mena n the gang
posted by Mena Lima at 10:57 AM 0 comments